Estamos de olho na convocação
dos agentes de apoio à educação especial



A educação é um direito de todos, mas para as quase 13 mil crianças com deficiência das escolas do município a realidade não é essa. Apesar de mais de 2400 agentes de apoio à educação especial (AAEE) terem sido aprovados no último concurso público, em 2014, menos de 500 exercem hoje o cargo, deixando milhares de crianças sem nenhuma assistência nas escolas.

No ano passado, a grande repercussão da nossa mobilização forçou o comprometimento do então candidato Marcelo Crivella (PRB) com a convocação dos agentes. No seu primeiro dia como prefeito, Crivella reforçou a promessa, publicando um decreto com prazo de 30 dias para que Secretaria Municipal de Educação apresentasse o planejamento para a convocação dos AAEE. No começo de fevereiro, a SME declarou que 900 agentes serão convocados até abril: 300 em fevereiro, 300 em março e 300 em abril.

A convocação de 300 novos agentes em fevereiro aconteceu, mas em março já não houve convocação.

O atual secretário de Educação, Cesar Benjamin, têm demonstrado abertura para o diálogo e disposição para atender as demandas da população. Em meio a inúmeras reivindicações é importante que ele saiba que milhares de cariocas querem que os agentes sejam convocados para auxiliar as crianças com deficiência. Envie agora seu email pedindo a convocação dos agentes para novo secretário.

Pressione agora o novo secretário de Educação pela convocação dos agentes!

Quem você vai pressionar (1 alvo)

Secretário Municipal de Educaçãosmegab@rioeduca.net

0
pessoas já pressionaram



A educação inclusiva garante a diversidade e igualdade nas escolas, possibilita a socialização plena dos alunos e, sobretudo, a aprendizagem das crianças com deficiência. Ao contrário do modelo antigo e ultrapassado que separava esses alunos do demais, nas escolas inclusivas todos os alunos são educados em aulas regulares, sem segregação ou discriminação.


Um dos principais recursos para garantir a inclusão escolar são os Agentes de Apoio à Educação Especial, responsávels por mediar a relação do aluno com a escola. A eles cabe tanto o apoio pedagógico ao aluno com deficiência quanto o auxílio com alimentação, higiene e locomoção para essas crianças, sempre que necessário.

A educação inclusiva é recomendada pela ONU e pela Constituição Federal, com o qual a prefeitura do Rio se comprometeu. Na prática, para que as escolas da rede municipal fossem inclusivas, elas deveriam disponibilizar recursos para que qualquer barreira de aprendizado ou socialização fosse superada. Infelizmente, isso não tem acontecido.

Hoje, no Rio de Janeiro, a educação inclusiva é um direito distante para milhares de famílias, já que a rede municipal tem menos de 200 agentes especializados, deixando quase 13 mil crianças com deficiência sem muito amparo.










     
           





O Meu Rio acredita que o acesso a educação para todos é uma premissa básica para que os cidadãos e cidadãs consigam se inserir plenamente na sociedade e desenvolver todas as suas capacidades - além de ser um direito conquistado e garantido pela nossa Constituição. Sabemos da importância da educação sobretudo para as crianças com deficiência, por isso somamos nossas vozes às 13 mil famílias desses alunos e exigimos que a nossa Prefeitura cumpra com as suas responsabilidades garantindo inclusão escolar de verdade.


contato@meurio.org.br
(21) 3079-1333